imprensa

voltar
06/11/2018

Newsletter semana, 05/12/2018

Conexão Rede Rotulagem
Edição de 5 de novembro de 2018

Chile é o segundo país com a maior taxa de obesidade

Apesar de implementar há dois anos um modelo de rotulagem nutricional alarmista, o Chile não conseguiu avançar no combate à obesidade. Relatório da Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO) mostra que 34,4% da população do país com mais de 15 anos sofre com a obesidade. O dado foi anunciado no último dia 16 de outubro, Dia Mundial da Alimentação.

De acordo com o relatório, o país se tornou o segundo com maior índice de obesidade entre os países da Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), sendo superado apenas pelos Estados Unidos, onde o problema atinge 40% da população adulta.

Em 2016, quando adotou o modelo de rotulagem nutricional baseado em advertências e outras medidas restritivas, o Chile ocupava a oitava posição no ranking da obesidade entre os países da OCDE, com 25,1% da população adulta afetada pelo problema. Os resultados decepcionantes obtidos no país andino mostram que o combate ao sobrepeso e à obesidade exige uma abordagem que vá além do alarmismo, baseada na oferta de informação e em iniciativas que promovam a educação dos consumidores.

 

  • em movimento

No dia 27 de outubro, a gerente do departamento técnico da ABIA, Ignez Novaes de Goes, apresentou o modelo de rotulagem nutricional informativo colorido durante o III Dia do Engenheiro de Alimentos, promovido pelo Instituto Mauá de Tecnologia. Ela enfatizou a importância de que as novas normas regulatórias contemplem a indicação da quantidade de nutrientes por porção dos alimentos.

Na última semana, representantes das áreas Institucional e Técnica da Rede Rotulagem participaram de uma reunião na ANVISA para discutir, entre outros temas, questões relacionadas à base de declaração por porções.

 

  • NA IMPRENSA

Folha de S.Paulo – 29/10 – Bióloga cria instituto para combater pseudociência e influenciar debate
Matéria aborda a iniciativa da bióloga Natalia Pasternak, que acaba de fundar o Questão de Ciência, cujo objetivo principal é combater mitos relacionados ao conhecimento. O instituto atuará na elaboração de pareceres e avaliação de evidências científicas para fomentar políticas públicas, inclusive na área de alimentos.

Diário da Região – 26/10 – Pesquisa aponta que metade dos jovens têm alimentação inadequada
Pesquisa realizada pelo Ministério da Saúde, por meio dos dados do Sistema de Vigilância Alimentar e Nutricional (SISVAN), apontou que 55% dos adolescentes consomem regularmente produtos industrializados pouco nutritivos.

 

  • CANAIS SUA LIBERDADE DE ESCOLHA

Modelo informativo colorido é mais eficaz para estimular reformulação em alimentos e bebidas (IBOPE).

Experiência do Chile evidencia importância da educação nutricional e ineficácia do alarmismo no combate à obesidade

Rotulagem nutricional é tema de palestra a estudantes de Engenharia de Alimentos

Participe

Os resultados decepcionantes colhidos pelo Chile a partir da adoção do modelo de rotulagem alarmista, conforme os dados divulgados pela ONU, reforçam os argumentos da Rede Rotulagem em favor de um modelo focado na informação ao consumidor. É importante que as entidades que compõem a Rede utilizem seus canais para reforçar esse posicionamento. Participe das discussões nos canais Sua Liberdade de Escolha e compartilhe as nossas informações com seus seguidores!

Rede rotulagem
FacebookLinkedInInstagramwww.rederotulagem.com.br